João Pinheiro está a poucos passos da implantação da Smart City

por Vinícius Mendonça publicado 04/11/2019 15h05, última modificação 04/11/2019 17h17
O projeto da Smart City está a todo vapor, o objeto é colocar João Pinheiro no mapa do desenvolvimento visto a grande capacidade produtiva e logística da região.

As Smarts Citys são cidades pensadas para promover o desenvolvimento sustentável, as aplicações de sistemas inteligentes e interligados fazem com que os moradores tenham maior qualidade de vida.

Os pilares desse desenvolvimento são: Conectividade, sustentabilidade, tecnologia, eficiência e inovação, mobilidade e integração.

Em João Pinheiro o projeto da Smart City está a todo vapor, o objeto é colocar João Pinheiro no mapa do desenvolvimento visto a grande capacidade produtiva e logística da região, que conta com grandes usinas sucroalcooleiras, produção agrícola acentuada e uma pecuária forte, sem fala no setor de confecções que se destaca em todo o Brasil.

Para isso três grandes empresários estão se unindo para tornar esse sonho possível, Dr. Leonardo Batista, Dr. José de Souza Moura e Roberto Nishikswa.

Os empresários ontem estiveram em belo horizonte e se reuniram com o governador de minas Romeu Zema juntamente com o Presidente da Câmara Municipal de João Pinheiro e o Deputado Estadual Bosco.

Na reunião foi apresentado o projeto e todos os benefícios para a região e para o Estado, o Governador viu com bons olhos o investimento e deu o aval do Estado para o inicio dos procedimentos legais.

Segundo o Vereador Geraldinho Porto esse momento é muito importante para o nosso desenvolvimento, “João Pinheiro precisa de empresários que visualizem o real potencial de nossa cidade e que dite os rumos do progresso para João Pinheiro”.

 

Redação por: Vinícius Mendonça – Jornalista – 0021443/MG – Departamento de Comunicação e Imprensa

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados