Reunião da Câmara é marcada por reivindicações dos Servidores Públicos Municipais

por Vinícius Mendonça publicado 10/04/2018 15h20, última modificação 10/04/2018 15h43
Os membros do Sindicato participaram com o intuito de levar a conhecimento público as informações sobre o Projeto 043/2018.

            A Reunião Ordinária da Câmara Municipal de João Pinheiro desta segunda-feira (09), foi marcada pela participação dos servidores públicos municipais representados em tal ato pela Presidente Eunice Meirelles e o Diretor do SINDSJOP Hélmio Melo.

            Os membros do Sindicato participaram com o intuito de levar a conhecimento público as informações sobre o Projeto 043/2018 que segundo eles estão em desconformidade com a Lei e com as propostas acordadas entre SINDSJOP e Prefeito Municipal.

            O Projeto 043/2018 dispões sobre a concessão de auxilio alimentação para os profissionais da limpeza urbana (Garis), regulamentando esse benefício e o reajustando.

            Os pontos que causaram indignação segundo os representantes do Sindicato foram a suspensão do benefício aos profissionais a serviço de entidade sindical e também aqueles com atestado superior a 15 dias, além disso o pagamento retroativo a março não está descrito no Projeto o que segundo eles estava acordado em ata com a Administração Municipal.

            Os Vereadores concordaram que o Projeto precisava passar por uma melhor analise então a pedido do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de João Pinheiro o Projeto 043/2018 foi retirado de pauta pelo pedido de Vista do Vereador Renato Polino e voltará a discussão na próxima semana.

            O vice-presidente Elson Andrade juntamente com os demais Vereadores se comprometeram de votar esse projeto em regime de urgência se assim os servidores julgarem necessário.

 

Redação por: Vinícius Mendonça – Departamento de Comunicação e Imprensa.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados